NEP/Acirp vence competição nacional e é selecionado para o Programa Empreender Competitivo | ACIRP


28/12/2017

NEP/Acirp vence competição nacional e é selecionado para o Programa Empreender Competitivo

O Núcleo Setorial de Escolas Particulares da Acirp Rio Preto (NEP) acaba de ser selecionado para integrar o “Empreender Competitivo 2017-2019” da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). A divulgação aconteceu nesta quarta-feira, após avaliação da Confederação junto ao SEBRAE. O Programa prevê o desenvolvimento de projetos junto às Federações e Associações Comerciais em prol do crescimento dos núcleos setoriais do programa Empreender com ações que englobam: consultoria para a melhoria dos processos, capacitação dos presidentes e funcionários, participação de visitas técnicas, certificações, participação em missões, marketing, estudo de mercado, entre outras.

Os recursos disponibilizados somam R$ 13.300.000,00. Não há um valor máximo para a execução de cada projeto, mas estima-se uma média de R$ 190.000,00 por projeto. A edição 2013-2015 atendeu 1.400 empresas em 96 iniciativas. Dos 245 projetos recebidos nesta edição, os segmentos mais contemplados foram o de Mulher Empresária (29 projetos) e de Jovens Empresários (22). Os demais setores representados foram artesanato, automecânica, alimentação, comércio varejista, confecções, escolas, contabilidade, feirantes e pequenos produtores rurais, imobiliárias, informática, salões de beleza e cabeleireiros, tecnologia e inovação e turismo.

Atualmente, o NEP conta com 23 escolas que atuam no setor de ensino básico, línguas e profissionalizantes de forma regular e em conformidade com a legislação aplicável às suas respectivas atividades. De forma coletiva, o Núcleo objetiva promover o aprimoramento das empresas nucleadas de São José do Rio Preto por meio da capacitação gerencial, da organização de processos internos, missões empresariais e ações de marketing. Além de fomentar o aumento no número de alunos e a redução da inadimplência.

O núcleo setorial de Escolas Particulares em Rio Preto, coordenado pelo Diretor da Acirp, Daniel Rodrigues, com supervisão de Marta Silva, teve início em 2015 quando profissionais e empreendedores do setor identificaram a necessidade de fortalecer o setor por meio do associativismo. Desde sua fundação, o Núcleo tem o apoio incondicional da Associação Comercial local na implementação e realização das ações. Atualmente, as micros e pequenas empresas que participam do núcleo setorial representam 20% do segmento no município, gerando 850 postos diretos de trabalho.

Na proposta enviada para concorrer ao Programa Empreender Competitivo, o grupo criou um planejamento que conta ações divididas em 11 etapas, sendo elas: Estruturação do projeto; Gestão e Monitoramento do que será desenvolvido; Acompanhamento da execução das mensurações; Fortalecimento da cultura Associativista; Feira de Escolas Particulares; Palestra de Sensibilização para ISO 9001; Capacitação em Gestão ágil de projetos; Missão Empresarial para a Feira “Educar”; Consultoria para diagnóstico e direcionamento de ações para melhorias dos processos e organização interna e um Seminário sobre tendências em Inovação e Tecnologia na área Educacional.

SOBRE O EMPREENDER COMPETITIVO

A iniciativa da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) é direcionada a núcleos que tenham pelo menos 18 meses de atuação e/ou estejam em fase de autossustentabilidade, sendo uma excelente oportunidade para as empresas nucleadas que necessitam de apoio para desenvolver ações que melhorem a sua competitividade. Dentre essas ações estão consultoria para a melhoria dos processos, capacitação dos presidentes e funcionários, participação de visitas técnicas, certificações, participação em missões, marketing, estudo de mercado, entre outras.

Conforme previsto no edital, lançado em setembro deste ano, as entidades proponentes tiveram o período de 8/9 a 10/11 para elaborar e enviar seus projetos. No total, 245 propostas foram recebidas pela CACB, que realizou a avaliação em parceria com o Sebrae. O edital abrange todos os estados brasileiros. Com 69 propostas, Santa Catarina (SC) foi o estado com maior volume de envios. Minas Gerais (MG), com 63, e Paraná (PR), com 37, vieram em seguida. Alagoas (AL), Bahia (BA), Mato Grosso (MT), Pernambuco (PE), Rio Grande do Norte (RN), Rio Grande do Sul (RS) e São Paulo (SP) também quiseram participar. Além disso, há um projeto em escala nacional, formulado pelo Conselho Nacional da Mulher Empresária da CACB.